1º Encontro Paz no Trânsito e Encontro de Motociclistas de PVH

julho 19, 2012

1º Encontro Paz no Trânsito e Encontro de Motociclistas de PVH

Anúncios

Yamaha lança primeira moto 250cc flex do mundo – Fazer.

julho 14, 2012

Rafael Miotto
Do G1, em São Paulo


Veículo ganhará também novos grafismos e custará R$ 11.690. Motor desenvolve 21 cv de potência e roda com etanol e gasolina.

Apesar de o sistema flex ter sido inaugurado nas motos com a Honda, a Yamaha é a primeira a lançar motor bicombustível no segmento de 250 cm³. Nesta sexta-feira (13), a Fazer 250 Blueflex fez sua estreia no Festival do Japão, em São Paulo. Além do inédito sistema que pode rodar com gasolina, etanol ou ambos ao mesmo tempo, a moto adotou novos grafismos. O preço sugerido pela Yamaha é R$ 11.690, nas cores prata e preta, com chega imediatamente à rede de concessionárias.

“A Fazer é nossa maior referência. Somos pioneiros com este modelo. Inauguramos com ela a injeção eletrônica, os freios a disco nas duas rodas e agora o sistema flex”, disse Mário Rocha, diretor comercial da Yamaha. “Agora que lançamos a 250 flex, as outras marcas devem nos seguir”, completou. Segundo a fabricante, seu motor monocilíndrico de 249 cm³ alcança potência máxima de 21 cavalos a 8.000 rpm e 2,1 kgfm de torque.

Com injeção eletrônica, este propulsor possui cilindro revestido de cerâmica, que ajuda a dissipar o calor. De acordo com a fabricante, para tornar a moto “totalmente flex”, a moto recebeu o sistema que transfere ar quente para o motor, auxiliando a combustão. Para controlar o funcionamento do sistema bicombustível, a Yamaha adicionou a luz Blueflex no painel.

Quando o usuário gira a ignição da moto, é necessário esperar a luz Blueflex se apagar para poder ligar o modelo. Caso contrário, a motor não entrará em funcionamento. A marca informou que, em situações de baixa temperatura, o sistema pode levar cerca de 20 segundos para poder fazer a moto pegar.

No restante, a motocicleta continua a mesma. Seu tanque é de 19,2 litros e conta com freios a disco na dianteira e na traseira. O chassi é do tipo berço duplo, enquanto as suspensões possuem bengalas telescópicas na dianteira e monoamortecedor na traseira. O modelo com motor movido a gasolina segue nas lojas, com valor de R$ 11.279.

Lander Blueflex
Como a Lander possui o mesmo motor da Fazer, não seria surpresa se a Yamaha lançasse o modelo trail também com opção bicombustível. No entanto, questionada pelo G1, a marca afirmou que o modelo ainda não está no projeto. “A curto prazo não teremos a Lander flex”, disse Mário Rocha.

Fonte: Auto Esporte

HONDA NX 400i FALCON 2013

julho 11, 2012

HONDA NX 400i FALCON 2013 – R$ 18.900,00* ( Foto: Divulgação )

HONDA NX 400i FALCON 2013 – Anteriormente conhecida por NX4 FALCON que teve fabricação iniciada em 1999 em substituição à NX 350 Sahara e foi substituída pela HONDA XRE 300 em 2009 para atender as novas normas do Promot – Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Similares. A motocicleta retorna ao mercado brasileiro com sistema de injeção eletrônica PGM-FI, atendendo as novas normas ambientais, mais econômica, porém com menos potência.

A HONDA NX 400i FALCON é uma motocicleta da categoria on/off road de média cilindrada. Entre algumas modificações, conta com painel digital que aparenta ser o mesmo da XRE 300, novos retrovisores, guidão mais alto permitindo a posição de pilotagem mais ereta, nova iluminação traseira, alças laterais semelhantes com as da NXR 150 BROS, bagageiro integrado e nova ponteira com novo protetor além de nova carenagem lateral no tanque. Estima-se que a nova NX 400i FALCON estará disponível na rede de concessionárias Honda a partir do mês de Agosto sob preço médio público sugerido de R$ 18.900,00*. Acredita-se que a marca vai comercializar mais de 11.000 unidades por ano.

O novo motor com comando simples no cabeçote (SOHC – Single Overhead Camshaft ou árvore de comando única sobre o cabeçote) agora injetado entrega 28,7 cv a 6.500 rpm, menos potência em relação ao modelo anterior que desenvolve 30,6 cv a 6.500 rpm, porém ficou mais econômico e menos poluente. Certamente, esta nova característica vai dividir opiniões diferentes, já que a maioria dos brasileiros não se importam com economia e sim com maior potência e preço mais justo.

Especificações técnicas NX 400i FALCON 2013*

Motor SOHC, RFVC, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecido a ar, com cárter seco e reservatório de óleo
Cilindrada 397,2 cm3
Sistema de alimentação Injeção eletrônica PGM-FI
Potência máxima 28,7 cv a 6.500 rpm
Torque máximo 3,27 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão 5 velocidades
Velocidade máxima N/A
Sistema de partida Elétrica
Chassi Berço semiduplo
Suspensão dianteira/curso Garfo telescópico com 215mm de curso
Suspensão traseira/curso Mono-amortecido Pro-Link com 180 mm de curso
Freio dianteiro # Disco simples de 256 mm de diâmetro e cáliper de duplo pistão
Freio traseiro # Disco simples de 220 mm de diâmetro e cáliper de pistão simples
Pneu dianteiro 90/90 – 21M/C (54S)
Pneu traseiro 120/90 – 17M/C (64S)
Tanque de combustível 15,3 litros (reserva 5,3 litros)
Consumo médio N/A
Óleo do motor (total) 2,2 litros
Comp. x larg. x alt. # 2.157 x 789 x 1.222 mm
Distância entre eixos 1.434 mm
Distância mínima no solo 242 mm
Altura do assento 850 mm
Peso seco 157 kg
Ignição CDI (ignição por descarga capacitiva)
Bateria 12 V – 6 Ah (selada)
Farol 55/60 W – lâmpada halógena
Cores preta, vermelha metálica e prata metálica
Preço R$ 18.900,00*

Eu sinceramente acredito que com esse relançamento a Honda assina seu atestado de incompetência ao menos no Brasil, mostrando que não é capaz de criar novos modelos e recorrendo a modelos antigos, com um motor que era fraco, deve seguir fraco e provavelmente não deve estar tecnologicamente preparado para a Injeção eletrônica, espero estar errado pois sei que muitos são os que vão apostar nesse cavalo..

Abrindo o calendario 2012

fevereiro 20, 2012

Olá amigos,

Recebi o informe da primeira festa de 2012 no estado de Rondônia, vai ser como de costume o evento do Guajará Moto Clube, na cidade de Guajara-Mirim, vai ser no mês de Maio, mes diferente da festa o ultimo ano, na verdade esse evento mudou de mês nos ultimos 3 anos, vou verificar o motivo disso com os organizadores, ainda não liberaram a data definitiva mas isso acontecendo venho a informar a todos.

Evento Guajará

 

2012

janeiro 4, 2012

Olá meu amigos, faz um bom tempo que não atualizo nosso blog,  o ano de 2011 foi um ano muito complicado, muitas coisas aconteceram, boas e ruins, pessoas queridas partiram, algumas de forma trágica, novas amizade foram feitas, algumas desfeitas,

vi motogrupos nascerem e morrerem numa velocidade incrível, alguns se tornaram estáveis apesar de carregados de velhos vícios, mas com o tempo eles se arrumam, assim eu espero, fui a poucas festas, mas aproveitei ao máximo as que eu pude ir, espero muito desse novo ano, espero boas festa, bons amigos, bons lançamentos, não deixarei esse blog abandonado, prometo isso a vocês.

 

Abraços

 

Esquentando os motores em 2011

fevereiro 19, 2011

2011 promete ser um ano muito bom para os motociclistas de Rondônia, o calendário vai ser repleto de festas e eventos, quem iniciou oficialmente o calendário esse ano foram os Abutres comemorando um ano de sua facção em porto velho, o evento ocorreu no ultimo dia 29 de Janeiro no Garagem Pub, e contou com a presença de muito motociclistas de Porto Velho e do interior, o evento foi tranquilo sem nenhuma briga ou confusão.

O próximo evento do calendário vai ser o aniversario do Point do motociclista, que vai ser realizado no próximo dia 5 e vai durar o dia todos a organização promete muita festa e diversão, numa ocasião futura eu vou falar sobre a extensão do Point na BR 364 próximo a Itapuã.

O tradicional evento de Guajara Mirim também já esta com data marcada vai rolar nos dias 3,4 e 5 de Junho, vamos aguarda mais informações sobre esse evento por parte da organização por hora só temos o cartaz.

2011 meus caros é um ano que promete muito, logo que tiver mais informações falo sobre os outro eventos, vamos curtir os eventos com muita alegria, muita paz e acima de tudo com muita consciência.

Nova Friburgo (RJ) transforma-se em enorme pista de motocross solidário

janeiro 23, 2011

Motocross Solidário

Depois da chuva que alagou a cidade e encheu casas e ruas de lama, Nova Friburgo (RJ) transformou-se em um enorme pista de motocross solidário. Motos off-road podem ser vistas por todos os lados, indo e vindo em alta velocidade numa eterna viagem de ajuda e resgate. No alto da encosta, em bairros isolados, onde nenhum carro chega, lá estão elas transportando comida, água, medicamentos e vacinas.

As corridas de motocross costumam acontecer em terrenos molhados e em trilhas no meio da mata, com pilotos focados em ultrapassar seus limites. O que ninguém imaginava é que o impressionante mesmo seria o sucesso desses voluntários no resgate das vítimas da maior tragédia natural da história do Brasil. Eles agora trabalham dia e noite e superando limites que nunca puderam experimentar.

“Só com moto de trilha para cruzar a estrada com esse barro todo, para subir barranco. Cheguei até São Geraldo, Córrego Dantas, Floresta, Campo do Coelho [bairros gravemente afetados e de difícil acesso], onde a situação estava mais precária. Tudo que solicitam, a gente leva. Veja, eu tinha a moto para esportes radicais e agora ela virou um utilitário para ajudar os outros”, disse Edson Boi Câmara, 31.

“Elas ajudam muito. Consegui chegar até locais onde nem os bombeiros conseguiram. Além de levar os donativos, a gente traz os doentes na garupa quando precisa”, completou o agricultor Fernando Lima, 30, que costuma usar a moto para fazer trilhas durante o final de semana. “Comprei para diversão e nunca pensei que iria usar em uma situação dessas”, disse.

Lima explicou que os moradores também compram as motos off-road para ajudar a percorrer fazendas, mas gostam mesmo é de se aventurar pelos caminhos tortuosos e cheios de cachoeiras que levam às cidades vizinhas da serra. São cerca de 2.000 trilheiros na região.

“A gente costuma fazer trilha de rally até Sumidouro, Bom Jardim, Teresópolis”, explicou Cristiano Siqueira, 23, que também estava ajudando como voluntário usando sua moto XR. “Vou todos os dias até Duas Pedras [bairro da zona norte da cidade onde houve muitos deslizamentos], porque tem um amigo meu que foi soterrado ali com quatro pessoas da família dele. A laje caiu na casa e desde então a gente não tem notícias. Como ali não chega de carro, vou com a minha moto”.

A moto também ajuda a fugir dos congestionamentos que se formam por conta da grande quantidade de carros levando donativos, policiais e militares circulando e caminhões transportando detritos. Algumas vias também estão parcialmente bloqueadas e o que obriga o fluxo de carros a afunilar em meia pista. “Nesses dias, eu nem tirei o carro da garagem. Só circulo de moto”, afirmou Siqueira.

Outro que seguia em direção ao bairro do Vieira para tentar encontrar uma família desaparecida era o motociclista Márcio de Oliveira, 31. Ele contou que pratica trilhas há nove anos, mas acha que agora os caminhos estão “acabados”. “Houve muitos deslizamentos e quedas de barreiras. Deve ter fechado tudo”, lamentou.

Fonte: Matéria do site UOL, feita pela Fabiana Uchinaka.

Fonte: http://www.rockriders.com.br

O Casamento esta chegando ao fim?

janeiro 13, 2011

Depois de décadas de parceria com Mobil a Honda do Brasil, lança sua própria marca de óleo 4 tempos” O lubrificante semissintético, desenvolvido pela própria Moto Honda, é indicado para motores quatro tempos, movidos tanto a gasolina quanto a etanol “
O Óleo Genuíno Honda é comercializado em embalagem de 1 litro, ao preço público sugerido de R$ 15,00 (com base no Estado de São Paulo).

O produto Mobil pelo que parece não poderá mais usar em sua embalagem “Produto recomendado pela Honda”.

Este fato com certeza é bom para o consumidor, abrirá a performance dos outros fabricantes de óleos lubrificantes já que um espaço no mercado pelo fato da empresa Mobil que deixa de ter a recomendação da empresa argumento muito utilizado para a venda daquele produto.
Lembrando que a Honda Motos representa 78% das motocicletas vendidas no Brasil.

Aniversario dos expedicionários da amazônia – Ano 3

novembro 16, 2010

No ultimo final de semana muitos motociclistas prestigiaram o 30 aniversario dos nossos amigos Expedicionarios da Amazônia, o evento começou oficialmente no dia 13(sabado), mas desde a noite de sexta dia 12, muitos irmão motociclistas já estavam em Ji-paraná, alguns alojados na chacara onde foi realizado o evento, outros em hoteis da cidade, o evento foi muito bem organizado como aconteceu  no ano anterior, mas como sempre acontece nos encontros de motociclistas ao redor do Brasil o grande foco do evento foi no reencontro com os amigos de estrada e na novas amizades que sempre são feitas, com diversos motociclistas de varios lugares do brasil, em jipa encontramos irmão de Santa Catarina, Mato Grosso e São paulo, agradecemos muito a presença deles e ficamos devendo uma visita a todos eles. meu coração se encheu de emoção quando vi o memorial do nosso amigo Damilton, as lembranças de nossa viagem a Chapada do Guimarães, suas brincadeiras, conversas e o amor que ele demonstrava por sua esposa Dona Nalva, que estava presente na festa, mostrando ser uma mulher muito forte.

O som ficou por conta de Dema e Rebolo que tocaram a noite toda animando a galera e diga-se de passagem os caras tocam muito bem, em resumo o evento foi otimo, sem brigas ou dicussões desnecessarias, um evento realmente familia, almoço, jantar e cafe da manha de primeira qualidade oferecidos pelos irmão expedicionarios renovaram as forças dos viajantes estradeiros..

Parabens a todos o Expedicionarios.

Análise inicial

julho 2, 2010

Vamos análisar o inicio do calendario motociclistico de 2010 em Rondônia, tivemos duas otimas festas para abrir o ano, começando com guajara mirim que teve uma enorme estrutura, muito apoio e patrocinio, todos se divertiram bastante no evento, muito bem organizado pelo nosso companheiro PQD que recebeu todos muito bem.

Seguido de Guajara, tivemos o evento em ariqumes, o aniversarios dos nossos irmão Andarilhos, que foi um evento simples, tranquilo e otimo, na minha opinião de motociclista tem tudo para ser a maior festa do ano, não em tamanho, mas em organização, confraternização e união, muitas pessoas vieram de todos as partes do brasil prestigiar o evento e foram todos bem recebidos e em razão do evento ser em um local de porte medio deu aquele ar de proximidade, onde todos falavam com todos, com muita conversa e diversão, o calendario foi aberto por essas duas otimas festas e quem venham as proximas e que sejam no mesmo nivel.